Escadas para pequenos espaços – Parte II

Hoje iremos completar a informação sobre escadas utilizadas em pequenos espaços.

No post anterior apresentamos escadas RETAS (clique aqui para ver o post anterior), neste post apresentaremos as escadas em CARACOL e as escadas denominadas SANTOS DUMONT.

ESCADA CARACOL

O diâmetro mínimo de uma escada caracol é de 1,20 metro e requer um vão (recorte na laje para instalação da escada) quadrado ou redondo de 1,30 metro. Esse diâmetro de escada normalmente é instalado em um local de acesso esporádico, por onde não existe a necessidade de transportar volumes. Com mais espaço disponível e a necessidade de ter um acesso melhor ao pavimento superior, o diâmetro do caracol pode e deve ser aumentado.

PEQUENA_006_0

A imagem abaixo é de uma variação de escada caracol, pois observem que o eixo é inclinado e a abertura na laje retangular. O espaço ocupado é de apenas 80 x 120cm aproximadamente!!

PEQUENA_006_1

ESCADA SANTOS DUMONT

O benefício desta escada é que ela permite uma maior inclinação com conforto, pois cada degrau tem uma aba para o pé e uma reentrância para a subida do degrau seguinte. Ela tem este nome porque é criação de Santos Dumont, que tem duas destas escadas em sua casa de Petrópolis. Achavam inclusive que se tratava de uma superstição porque a escada da casa limitava o primeiro passo com o pé direito, mas a existência de outra escada com o primeiro passo com o esquerdo no interior da casa fez com que esta teoria não tivesse fundamento. A escada original tem degraus em forma de raquete.

PEQUENA_008Esse tipo de escada é particularmente útil em locais onde o trânsito de pessoas é pequeno ou, ainda, onde o espaço é muito restrito. Como o objetivo primeiro desse modelo é economizar espaço, a escada tipo Santos Dumont é geralmente concebida estreita, com largura nunca superior a 75 centímetros. Larguras entre 60 e 70 centímetros são mais comuns. Na foto abaixo podemos ver com clareza o pequeno espaço que a escada ocupa no piso.

PEQUENA_009A figura abaixo apresenta a escada Santos Dumont versão em caixas de madeira (degraus alternados). Além dos degraus ocuparem pouco espaço, o seu formato em caixa permitiu o uso como estante. Para maior segurança além do corrimão de um dos lados foi instalada rede de proteção.

PEQUENA_010_1A figura abaixo apresenta a escada Santos Dumont  na versão em concreto. Nesta escada é possível ver com clareza o princípio da escada: cada degrau equivale a dois, reduzindo pela metade o espaço ocupado pela escada.

PEQUENA_011A figura abaixo apresenta a escada Santos Dumont  na versão em chapa metálica.

PEQUENA_012A figura abaixo apresenta a escada Santos Dumont  com degraus em diagonal.

PEQUENA_013_1

As 10 Construções mais escaladas do mundo

Em 1933 King Kong escalou o Empire State Building, em Nova York, num clássico do cinema, a partir deste momento, algumas construções do planeta ganharam novos significados. Muitos alpinistas profissionais tentam subir, legal ou ilegalmente, ao topo de alguns dos edifícios e construções mais célebres do mundo em busca de fama e naturalmente uma grande dose de adrenalina. Hoje, querendo tirar o fôlego de nossos leitores, apresentamos 10 construções mais escaladas do planeta.

TORRE_01_c

1. Edifício Itália, São Paulo

Conhecido como Homem Aranha, o francês, Alain Robert elegeu o Edifício Itália, um dos símbolos da cidade de São Paulo, como alvo para suas escaladas. Alan Robert fez a  última escalada do Edifício Itália em 2008.

TORRE_02_c

2. Empire State Building, Nova York

É a torre imortalizada por King Kong… E o mais famoso arranha-céu do planeta. Todo mundo conhece. Nada mais a declarar.

Armani Hotel Opens, The First In The World

3. Burj Khalifa, Dubai, Emirados Árabes Unidos

Atualmente, a construção mais alta do mundo. Ela já foi, claro, escalada por diversos alpinistas, inclusive nosso amigo Alain Robert, que levou seis horas para chegar ao topo dos 829 metros de altura.

TORRE_04_c

4. Torre Willis, antiga Torre da Sears, Chicago, EUA

Um dos mais famosos arranha-céus dos EUA, a torre tem a fachada toda de vidro e, por isso mesmo, é muito difícil de escalar. Apesar disso, o primeiro homem a conquistar o feito foi Dan Goodwin, em 1981.

TORRE_05_c

5. Pirâmide de Giza, Egito

A histórica construção entra na lista por um ótimo motivo – além de seu incalculável valor arquitetônico, representa uma das mais difíceis escaladas que se pode imaginar. E é totalmente proibida.

TORRE_06_c

6. Torre Eiffel, Paris

Além de ser a mais famosa torre do… Universo, há um bom motivo para vencer, “na unha”, os 300 metros até o terraço do topo: a empreitada certamente leva menos tempo do que aguardar, nas imensas filas, o acesso a seus elevadores.

TORRE_07_c

7. Siloo O, Amsterdã

Uma estação de tratamento de esgotos desativada de Amsterdã será transformada justamente em uma imensa estrutura de escalagem, com diversos níveis de dificuldade. Alpinistas deste mundo, uni-vos!

TORRE_08_c

8. Ponte Golden Gate, San Francisco, California

Alguns anos atrás, um grupo de ativistas decidiu escalar a ponte que é símbolo da cidade de San Francisco, com um objetivo nada egoísta: colar cartazes pedindo a libertação do Tibete do domínio chinês. Missão cumprida com êxito (a escalada, não o protesto).

TORRE_09_c

9. Torre Jin Mao, Xangai, China

Quando concluídas, em 1999, elas eram as torres mais altas da China. Dois anos depois, um desconhecido vendedor de sapatos chinês teve a pachorra de escalar o edifício. Palmas para ele.

TORRE_10_c

10. Torres Petronas, Kuala Lumpur, Malásia

As torres gêmeas mais altas do planeta foram escaladas em 2009 pelo Homem-Aranha francês.